A Cosmologia de Martinus

A Cosmologia de Martinus
Martinus – © Martinus Institut 1981
O escritor dinamarquês Martinus (1890-1981) descreveu em suas obras uma total imagem científica e espiritual do universo, que contém uma explicação lógica da totalidade da existência. Sua base para isto era uma capacidade de intuição altamente evoluída, que o colocou em condições de abarcar e analisar o mundo espiritual detrás do mundo físico que conhecemos.
O objetivo de seu trabalho foi criar uma ciência espiritual que possa dar ao homem atual, que busca a verdade e pensa logicamente, um conhecimento mais profundo da natureza da vida e da evolução do universo. Em suas análises, Martinus apresenta uma visão da vida muito mais otimista e de muito maior alcance do que a que geralmente conhecemos. Ao mesmo tempo, estas análises são uma ajuda muito valiosa para a evolução prática da moral e do modo de ser.

A cosmologia de Martinus não é nenhuma confissão religiosa.

Os livros de Martinus estão disponíveis para todos os interessados. Não existe nenhuma forma de associação, afiliação ou outros vínculos afins para este tipo de interesse. Todos podem estudar a sua obra livremente e desfrutar da inspiração que esta possa proporcionar. A cosmologia de Martinus não é nenhuma confissão religiosa, mas dá uma compreensão lógica da vida e de sua dimensão religiosa. Segundo Martinus, este é o atual momento para o que ele designa como ciência do amor ou cristianismo intelectualizado. E, para marcar esta continuidade, deu ao conjunto de sua obra o título geral:  O Terceiro Testamento.

O Terceiro Testamento ainda não foi traduzido inteiramente para a língua portuguesa, mas este trabalho está sendo feito. Além da obra principal do Terceiro Testamento, (Livets Bog – O Livro da Vida ). Martinus escreveu vários outros livros para ajudar as pessoas que estão estudando a cosmologia. Nessas páginas você vai encontrar mais informações sobre livros, cursos e palestras.

Um estudo aberto para todos

As análises de Martinus estão disponíveis para todos os interessados, sem qualquer forma de afiliação. O Instituto Martinus traduz, publica e informa sobre a obra.

É importante ressaltar que esta cosmologia e ciência espiritual não foram pensadas por um cérebro genial. Martinus não teve jamais a necessidade de provas lógicas, porque pôde ver diretamente a realidade objetiva através de sua visão interior (intuição). Ele apresenta uma estrutura lógica e acessível à inteligência para que os leitores possam compreender suas análises.

Martinus deseja que os leitores usem suas faculdades do pensamento lógico e que não aceitem o que ele escreve como algo a que se deva crer.

“A ciência demonstrou que todas as mudanças na matéria física estão submetidas a leis. O escritor dinamarquês, Martinus, afirma que existem leis para o pensamento.

O conhecimento dessas leis psíquicas dará ao homem terreno a possibilidade de alcançar o domínio de sua mentalidade e, gradualmente, criar um reino de amor na Terra”.

Em sua extensa obra, O Terceiro Testamento, Martinus (1890-1981) descreveu uma imagem do universo, lógica e coerente, mostrando que todos os seres vivos são parte de um universo vivo e participam de uma constante evolução, que se dirige a formas de vidas superiores. As grandes convulsões e crises atuais expressam a queda de uma cultura global e o nascimento de uma nova e humana sociedade mundial.
Uma ciência espiritual

Livets Bog (O Livro da Vida) Martinus mostra em suas análises como, através da reencarnação e do carma, a nossa consciência, psique e moral evolucionam de acordo com as leis naturais e lógicas, que fazem com que todas as experiências – tanto agradáveis como desagradáveis – sejam, com o tempo, úteis para cada um. Sua obra é uma cosmologia ou completa ciência do espírito, que dá uma visão otimista da vida e inspira à tolerância e amor ao próximo.

A obra principal chama-se Livets Bog (O Livro da Vida) – 7 volumes e A Imagem Eterna do Universo – 6 volumes que contém 100 símbolos com as suas respectivas explicações. Além desses volumes, O Terceiro Testamento inclui uma série de livros e numerosos artigos.